segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Eu já me senti assim, e você?

No inverno a cor predominante é o cinza e tudo fica bem nebuloso nesta estação.Os dias ficam cobertos de nuvens, são dias densos, turvos, obscuros e sem transparência. Pois é, não tem como fugir , todos passamos por esta estação.
Quando o inverno chegou pra mim? Chegou no dia em que descobri que aquilo que se diz igreja estava matando seus próprios soldados. Neste tempo minha alma gritava, sentia dor, e se chorar pode ser também oração eu orei e orei muito. Pois havia descoberto que a igreja tinha se tornado uma comunidade fechada, com inúmeros significados que nada tinham a ver com o que realmente ela significa, perceber que Jesus nada tinha a ver com o que chamamos de igreja, perceber que muitas vezes não agíamos como irmãos e sim como juiz uns dos outros se esmagando. Onde por vezes não nos ajudávamos, porém quando havia conveniências , e algum interesse, sim. Foi demais pra mim, minha alma ficou cansada e muito abatida eu estava extremamente desgastada. Era triste ver o que nós igreja do Senhor havíamos nos tornado, perceber que o evangelho simples, que pude presenciar em minha adolescência e juventude através de verdadeiros pastores e até mesmo dentro da minha casa na vida de meus pais e meus avós, cujo foco deste evangelho era Jesus, havia mudado.Não que eu esteja generalizando, pois acredito que ainda existam os pastores remanescentes, conheço ainda alguns que restaram.E dizer para mim: Nossa! Quanta tristeza. Pois vou te dizer que acredito que o Senhor da igreja anda bem triste também, viu? Infelizmente me deparei um dia que o foco agora da igreja contemporânea estava centrado em líderes que acreditavam que a palavra ministro era sinônimo de posição privilegiada e de pompa. Quando na verdade no grego o ministro é um "huperetes",um subordinado, um auxiliar de remador. Aquele que ministra está servindo e ajudando. O escritor e pastor João de Souza Filho descreve bem quando diz que a palavra ministro, ou ministrar, carregada de pompa nesses dias não traduz fielmente o sentido do texto de I Corintios 4:1. Já a palavra servir esclarece melhor a função de cada pessoa no corpo de Cristo. Ele diz que a palavra ministro impressiona pela pompa, quando na verdade é só um serviço. E como meu esposo me disse estes dias: O poder da hipocrisia humana pode transformar até mesmo quem um dia recebeu tal revelação. Era triste ver uma constante mensagem pregada sobre o ter, o possuir as coisas, a ostentação e o poder, que acabam levando muitos à cobiça e até à frustrações. Era triste ver que a mensagem que estavam ensinando era de que os crentes não podem passar por privações financeiras ou dificuldades. Era triste ver alguns pastores afirmarem que se o crente não tem dinheiro é porque não tem fé. Eu firmemente acredito que a mentalidade do crente não deve ser de pobre e que Deus não quer que vivamos em falta de nada. Mas o equilibrio faltou, pois Paulo mesmo dizia: Sei viver com muito e com pouco, porque posso tudo naquele que me fortalece. Era triste perceber que nesta nova geração de crentes o seu estilo de vida era outro, não era um andar em Cristo, não havia muito diferencial em nós dos impios. E apesar de existir tantas adorações que hoje chamamos extravagante, depois das manifestações o caráter de Cristo não se manifestava, muita manifestação, porém pouca mudança de comportamento, poucas decisões de ser como jesus. Infelizmente apenas para alguns, um simples momento almatíco que não gerava um viver diário no Espirito, um crucificar da nossa carne. Era triste notar o preconceito com certas enfermidades de fundo emocional, como o stress que traz desgaste da mente e do corpo. Ou outras causas como carência de algum produto químico como o lítio, que por causa do déficit deste componente que o cerebro fabrica , podem trazer alguns problemas emocionais. E sabendo que com um tratamento adequado, em dias, a pessoa pode estar bem novamente. E em outras situações a cura pode vir com descanso, boa alimentação, medicação adequada e até mesmo vitaminas. Porém muitos neste lugar onde chamamos de igreja, por falta de conhecimento e até legalismo, consideram tais irmãos até mesmo oprimidos. E assim muitos dentro do que chamam igrejas estão adoecendo e morrendo. Aonde está a igreja que se importa com pessoas, sem fazer acepções ? Que param para ouvi-las? Que ama missões e prioriza o ide do Senhor? Como a igreja de Atos que hoje mesmo estava lendo no cap 2:44 ? Eles estavam sempre juntos e unidos sem partidarismo e repartiam com outros o que tinham, sempre de acordo com a necessidade de cada um. Esta característica dos primeiros cristãos se perdeu, por que? Eles eram comprometidos com o crescimento espiritual um do outro. A alegria deles de compartilhar tudo e o cuidado amoroso era tão contagioso, que muitos outros se tornaram crentes. Eles entendiam a necessidade de pessoas que caminham juntas, animando-os uns aos outros quando estão desanimados, e se preocupavam em pedir conta dos que se desgarravam. É muito triste ver no que temos nos tornado. Não falamos mais da cruz, do andar no Espirito, do sermos conhecidos como Pedro foi, como aquele que andava com Jesus,logo após ter curado um coxo e não ser conhecido por títulos ou posições. Onde está a igreja cuja a sua glória é Cristo? É triste perceber que a igreja trata de tantas coisas cujo centro muitas vezes não é mais Jesus. Mas eu também quero deixar claro que não estou pregando que a igreja tem de ter a ausência de defeitos, como a tal perfeição, pois sei que somos humanos e sempre haverá problemas na "igreja" e tenho até que tomar cuidado para não ser legalista ao reverso. Mas confesso que não sei mais direito o que somos, na verdade não somos bons e o que nos salva é a graça. E se vivêssemos esta graça e a repartíssemos com outros acredito que seríamos igreja, cristãos de verdade. Eu me incluo nesta postagem como este tipo de igreja que descrevo, sei que se olhar direitinho pra mim nesta caminhada, muitas vezes meu coração se tornou congestionado, impedindo que a semente da palavra caísse e encontrasse meu coração uma boa terra, onde a semente poderia ser conservada em um coração honesto e bom para dar frutos com perseverança. Porém muitos de nós igreja de Jesus não ouvimos direito a palavra. Andamos na vaidade da mente e não percebemos que estamos nos separando de Deus por não escutarmos sua palavra, e assim até o que parecia termos nos tem sido tirado. Atos 28:26ao27 diz: De ouvidos ouvireis, e de maneira nenhuma entendereis; E vendo vereis, e de maneira nenhuma percebereis. Porquanto o coração deste povo está endurecido, E com ouvidos ouviram pesadamente, e fecharam os olhos, para que nunca com os olhos vejam, nem com ouvidos ouçam, Nem do coração entendam, e se convertam, e eu os cure. Pode ser que o caminho de volta seja a humildade de reconhecemos nossa arrogância e independência e falta de entendimento. E agirmos como a verdadeira igreja de Jesus, cheia de amor, alegria contagiante não pelo que temos mas pelo que somos: Tão somente filhos da graça em Cristo Jesus e nada mais.

20 comentários:

  1. Graça e paz irmã.Rogo para que o Espírito Santo Abra os nossos ouvidos,e que todos posamos viver como viviam os irmãos na igreja de Atos.tenho batido muito nesta tecla perseverança,perseverança.Eu creio num grande levantar da igreja de Cristo em todo País,por isso perseveramos em oração.Fique na paz irmã.

    ResponderExcluir
  2. Graça e paz, querida! Me senti honrado, por seguir meu Blog e por seu comentário caloroso. Seu conteúdo também é excelente, esse particularmente comunica sentimentos dos quais compartilho. No momento, estamos passando por algumas mudanças no endereço: http://betel-canguaretama.blogspot.com/ daí a falta de atualizações. Assim que eu tiver mais tempo darei um visual novo ao Blog, enquanto isso, recomendo que visite o http://recortecotidiano.blogspot.com/ , trata-se de um Blog mais livre e intimista com uma proposta diferente do outro. Será um prazer receber sua visita. Fica o meu abraço e carinho, já estou te seguindo também e sempre que possível vou passar por aqui. Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Já me senti assim. Adoeci, chorei, briguei com Deus e disse que tudo que Ele me falava sobre a Igreja não existia em lugar algum.
    Mas o Senhor me mostrou toda história do cristianismo e tanto como outros "ismos" nada tem a ver com Jesus Cristo. Apenas um sistema religioso, cheio de fermento.
    Os homens se enveredaram pelo caminho da vida da alma. Essa que falamos no outro post. Essa que tem um bemote e um leviatã. O lado do "bem" de servir a Deus fora de Cristo.
    A igreja como Noiva não tem defeito, não tem mácula, não tem ruga, não tem mancha. Do mesmo modo que Eva saiu do lado de Adão,e Ela saiu de Cristo, quando do seu lado saiu sangue e água. Ela foi gerada com remissão, e vida.
    A expressão prática por meio dos seus membros é que precisa mudar.
    A Igreja saiu de Cristo não do Cristianismo. A Igreja só se rege por um Nome, o do seu Noivo e não os diversos que existem por aí. Cada qual querendo fazer valer a sua vontade e não a vontade de Jesus Cristo.
    Mas agora tudo está claro e eu ouço o Senhor falar, você não está ouvindo? Ouça minha linda..ouça o Senhor falar:

    Pois eis que já passou o inverno; a chuva cessou, e se foi;
    aparecem as flores na terra; já chegou o tempo de cantarem as aves, e a voz da rola ouve-se em nossa terra.
    A figueira começa a dar os seus primeiros figos; as vides estão em flor e exalam o seu aroma. Levanta-te, amada minha, formosa minha, e vem.
    (Cântico dos Canticos 2:11,12,13)

    Aleluia...
    Bjokas

    ResponderExcluir
  4. Como vai Ana ?
    É, eu já me senti assim.
    O livro do Yancey com o título: Sou cristão apesar da igreja,,, mostra diversos aspectos das decepções com os irmãos, liderança, e como os pastores dirigem de forma equivocada o povo e as finanças na igreja.
    Todos nós que sentimos amor pela obra do Senhor e queremos que as coisas funcionem de forma mais simples e funcional, nos decepcionaremos porque os líderes complicam e tendem para o comodismo.
    Com raríssimas exceções a igreja não é mais o que era, e a identidade do crente é questionada por estar adulterada pela falta de amor.
    Irmã Ana, hoje eu visitei um diácono batista que está passando momentos de profunda tristeza e dor, fazem três meses que seu filho foi assassinado, está desgostoso e começou a beber, sua esposa me pediu que fosse falar com ele porque as pessoas da igreja dela tem medo de falar com ele e arrumar encrenca.
    Fui lá, falei com ele, ele ficou muito feliz, me abraçou, chorou por saber que estava entristecendo ao Senhor e me prometeu diante de Deus que de hoje em diante voltará a ser o que era.
    Graças a Deus.
    Ana, eu sei o que é sentir decepção, muitas pessoas sabem, mas devemos seguir em frente e sermos exemplos para esta nova geração que espera coisas melhores de nós.
    BELEZZZZZZZaaaaaaaaaaaaaa..........

    ResponderExcluir
  5. Fala prima do meu coração!!!!!!
    É tempo de saúde e muita, mas muita paz.Deus está levantando fortalezas dentro dos seus. Fortalezas que foram construídas nos dias cinzentos e desgastantes como esses que passamos.
    A história vai começar a mudar dentro de cada um de nós.Livres das ofensas que nos atingiram e das que lançarão ainda.Deus está nos fortalecendo para que depois de termos vencido continuarmos inabaláveis.
    Um novo tempo. Uma nova estação. Prepare o biquíni e a prancha, que a nova onda de avivamento está chegando.
    Sol muito sol.
    Um grande abraço
    Graça e Paz
    Franklin

    ResponderExcluir
  6. Graça e paz, Ana!
    Diante de um blog tão atrativo de aparencia e o principal de tamanha edificação e benças, o minimo que podemos fazer é incluir nas nossas listas de blogs e nas demais formas de divulgações possiveis, para abençoar aqueles que ainda não tiveram o privilegio e honra de conhecer este maravilhoso espaço!

    Agradeço muito sua visita no meu humilde blog! Volte sempre!
    Deus a abençoe!
    Rodolfo.

    ResponderExcluir
  7. Tô aqui de novo.
    O nome do diácono é Gerson, e sua esposa chama-se Ana Lúcia, eles são da Igreja Batista Central da Casa Verde.
    Esta igreja é filha da Igreja Batista de Casa Verde, onde eu era membro.
    Ontem a irmã Ana Lúcia estava decidida a procurar outra igreja para congregar por se sentir abandonada lá. Fazem 10 anos que esta irmã é convertida, ela foi testemunha de Jeová por 20 anos e foi o seu marido que a levou para o caminho do Deus verdadeiro. (ore por isto também).
    Tenho meditado neste versículo, e o deixo para você : Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai de misericórdias e Deus de toda consolação! É Ele que nos conforta em toda a nossa tribulação,para podermos consolar os que estiverem em angústia, com a consolação com que nós mesmos somos contemplados por Deus. 2cor1:3
    Firmeza ......

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Querida Ana, respondendo sua pergunta: Sim, já me senti assim e acho que muitos os que estão caminhando em Cristo (especialmente nesse tempo) também se sentiram.
    Digo "nesse tempo" porque vivemos no tempo onde o amor de muitos se esfriaria, o tempo da e(u)mergência, do imediatismo, do egoísmo em todos os graus.
    Dá uma olhada na Palavra:

    2 Timóteo 3:1-5
    3.1 Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos;
    3.2 porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos,
    3.3 sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons,
    3.4 traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus,
    3.5 tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te.

    Acho que nesse momento precisamos nos apegar à Palavra que diz:
    Apocalipe 22:10-14
    22.10 E disse-me: Não seles as palavras da profecia deste livro, porque próximo está o tempo.
    22.11 Quem é injusto faça injustiça ainda; e quem está sujo suje-se ainda; e quem é justo faça justiça ainda; e quem é santo seja santificado ainda.
    22.12 E eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo para dar a cada um segundo a sua obra.
    22.13 Eu sou o Alfa e o Ômega, o Princípio e o Fim, o Primeiro e o Derradeiro.
    22.14 Bem-aventurados aqueles que lavam as suas vestiduras no sangue do Cordeiro, para que tenham direito à árvore da vida e possam entrar na cidade pelas portas.

    Beijos e vamos para Canaã.

    ResponderExcluir
  10. parabens pelo blog. Fico feliz pela postagem e, em saber q ainda existem pessoas q sabem distinguir as coisas da religiao e às de Deus... meus parabens... já sou um seguidor deste blog, que o Sr. Jesus continue te abençoando e obrigado pela visita em meu blog... Graça e Paz

    ResponderExcluir
  11. Olá Ana,,,
    Gostaria que você lesse um texto que escrevi em outubro de 2009 com o título O Estranho, é só para você ver esta minha experiência do tempo de batista.
    .
    Conversei com a irmã Ana Lucia ontem de manhã, ela disse que já notou diferença em seu marido, e estava até sorrindo.
    Isso é que é BElezzzzzzzzzzzzaaaaa........

    ResponderExcluir
  12. Graça e paz,irmã Ana Claúdia!

    Que Deus continue abençoando a sua vida e lhe concedendo sempre a iluminaçãoe a inspiração necessárias para o desenvolvimento do seu frutuoso ministério cristão. Escrever é indubitavelmente uma ferramenta utilíssima para se alcançar vidas e incutir as verdades da Palavra em muitos corações sequiosos com a ajuda sempre presente do Espírito Santo,nosso Paracleto Divino.

    Os frutos deste ministério abençoadoserão colhidos durante a sua vida através das muitas almas que conseguir conquistar para o reino de Deus e das muitas vidas que forem edificadas por suas palavras direcionadas pelo Eterno.

    Deus continue abençoando a irmã e toda a sua família. Aproveitando o ensejo convido-lhe a conhecer o meu blog e, se desejar, deixar um comentário na minha mais recente postagem "Sabedoria ou Loucura" em meu blog: http://cristianismoemdia.blogspot.com//

    Un sincero Shalom!!!!

    ResponderExcluir
  13. Prezada irmã Ana Cláudia
    Sou jornalista e estou editando uma matéria sobre a ordenação de mulheres como pastoras, para a revista Visão Bíblica (Editoras Mezzotero e Bálsamo de Gileade). A questão é polêmica, com muitos argumentos prós e contras. Gostaria de saber se a irmã nos daria o seu ponto de vista sobre o assunto: Biblicamente, as mulheres podem ou não atuar como pastoras? Considerando a audiência do seu blog, acredito que será uma opinião balizada na sabedoria cristã e, portanto, enriquecedora para a matéria. Agradeço antecipadamente.
    Elizeu N. Silva (elizeusilva@uol.com.br)

    ResponderExcluir
  14. Oi Ana, minha esposa criou um blog, tô te mandando o endereço.

    http://correndocomjesus.blogspot.com/
    .
    Fala pro teu pai que um ex diácono tá mandando um grande abraço.

    ResponderExcluir
  15. ANA CLAUDIA! UFA! AO LER TUA POSTÁGEM, CREIO QUE VOCÊ NÃO FICOU TÃO PERDIDA, AO LER UMA DAS MINHAS: GENTE DE DEUS, A TUA BÍBLIA FALA?...
    ... VISITAR TEU ESPAÇO E VER AS FOTOS DE TUA LINDA FAMÍLIA, FOI UM MOMENTO DE DESCONTRAÇÃO E ALEGRIA PARA MIM!
    E JÁ ME TORNEI SEGUIDOR DE TEU BLOG, TAMBEM.

    MAS QUERO QUE VOCÊ ME DÊ SUPORTE EM ALGO IMPORTANTE PARA A RENOVAÇÃO ESPIRITUAL EM NOSSO PAIS... VOU TE PASSAR UM LINK, PARA QUE VOCÊ PARTICIPE CONOSCO DE UM RELÓGIO DE ORAÇÃO VIRTUAL, OBJETIVANDO AVIVAR ESPIRITUALMENTE NOSSO MARAVILHOSO BRASIL.
    DÊ UM PULINHO LÁ NO LINK, E DEPOIS ME FALE O QUE ACHOU... http;//avivamentojaervdo.blogspot.com

    APRECIARIA MUITO, TER VOCÊ, E PESSOAS COMO VOCÊ, NESTA IMPORTANTE AÇÃO!

    ABRAÇO, FILHA! E, COM O CORAÇÃO DE PASTOR, QUE DE CRISTO RECEBÍ, EU TE ABENÇÔO, BEM COMO À TUA RICA FAMÍLIA, EM O NOME DE CRISTO JESUS!
    PR. GILBERTO SERENO.
    AVIVAMENTO JÁ!

    ResponderExcluir
  16. Olá Ana! Passei para retribuir a visita e veja só que grata surpresa! Aleluia! Que delícia conviver com gente, irmãos em Cristo que pensam, e que tem coragem de não calar-se para mater as aparências.
    parabéns! Fé! e Coragem! Orando e Consagrando as nossas vidas como Cristãs, seremos muito melhores para nós e isto se refletirá nas nossas relações com todos principalmente com os que mais necessitam de atenção, pois ninuém precisa ir para a igreja para que os irmãos lhe apontem o dedo pois isto já ocorrem com todos nós todos os dias no mundo. A Igreja para mim é o Lugar da Msericórdia; sem isto ... será que seremos Cristãos?
    Felicidades que DEUS continue te abeçoando.

    ResponderExcluir
  17. Irmã, Ana, Graça e Paz! Obrigado por ter visitado o meu blog. Me identifico em muitos detalhes com o que vc escreveu. Na verdade milhões de pessoas identificam-se. É o tempo do cumprimento da apostasia anterior a volta de Cristo e tempo de esfriamento do amor. Também sinto saudade da minha adolescência e parte da minha vida adulta quando ouvia o Evangelho. Hoje sobra evangelho sem cruz com a fórmula de sucesso para atrair multidões pelas promessas de bençãos e prosperidade. Não suporto mais essa religião apóstata. Hoje busco como saída a edificação dos pequenos grupos em que podemos viver em oração e comunhão, em comunidade apoiando e edificando uns aos outros. Fujo do denominacionalismo. Irmã, vou ler seu blog de agora em diante a cada postagem. Deus a abençoe ricamente!

    ResponderExcluir
  18. Oláa parabéns pelo o Blog!Seu blog é realmente uma benção, e obrigado por seguir o meu também. Continue assim sempre firme na fé e edificando a fé de outros servos. Que Deus abençoe a você e a sua família linda! Forte Abraço.

    ResponderExcluir
  19. Boa tarde e Paz de Cristo.
    Tudo bem?
    Show de bola o texto.
    Realmente é um tema que para muitas pessoas que viveram o evangelho desde o começo, causa esse triste impacto.
    Talvez as pessoas que conheçamos dessa época, não tenham aderido á todas essas modernidades e a esse novo foco, sem ser Jesus, mas muitas outras pessoas aderiram e com isso atraíram muitas outras pessoas que só se chegaram por causa desse apelo de uma palavra de solução de problemas e não da palavra sobre Jesus que por nós morreu, que teríamos aflições, mas que venceríamos, que o ideal é repartirmos com o próximo, pois um dos mandamentos é amar ao próximo como á nós mesmos e tal, enfim, isso gera mó distorção na mente da pessoa nova convertida de alguns burros velhos tambem, kkkkk.
    Oramos e agimos para que esse tipo de mensagem não fique enraizado na vida das pessoas, mas que Jesus, sempre ele, esteja presente como foco principal das pessoas cristãs. Um beijão pra ti e felicidades sempre pra sua família.

    ResponderExcluir